Referência Nacional em
Segurança do Trabalho
Blog




Categorias

Nossos Cursos

Estados

Quem deve fazer o curso de Combate a Incêndio e Brigadista?

08 / Mar - - Categoria: Segurança do Trabalho


Combate a incendios e Brigadista

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) criou a norma regulamentadora NR 23, em que determina a criação de uma brigada de incêndio nas empresas, para que sejam observadas as normas de segurança, de prevenção e combate ao princípio de incêndio nos locais de trabalho.
Portanto, quando falamos em brigada de incêndio na segurança do trabalho, não nos referimos ao batalhão dos bombeiros, mas sim, uma brigada que consiste nos trabalhadores da própria empresa.

Como é escolhida a brigada de incêndio na empresa?

Os trabalhadores que se interessarem a participar da brigada de incêndio na empresa deverão expressar esse desejo ao se voluntariarem para tal tarefa.
Mesmo que nenhum trabalhador se voluntarie e a empresa precise indicar alguém, esta pessoa deverá expressar o seu desejo em participar, sendo proibida a imposição de tal tarefa.
Isso se deve ao fato de que nem todo indivíduo tem como característica inerente liderar e organizar situações dessa natureza.

A capacitação dos trabalhadores que compõem a brigada de incêndio

Depois de formada, a brigada de incêndio no local de trabalho deverá receber treinamentos e capacitação para atuar nas situações que exijam a tomada de medidas emergenciais de combate ao incêndio.
Esses trabalhadores deverão fazer o curso para que fiquem aptos a liderarem as situações de emergências por meio de certificação. Esse curso deverá ser ministrado em uma instituição que seja registrada no Ministério da Educação e Cultura emita certificados.

O curso básico em combate a incêndio para os brigadistas

O curso básico em combate a incêndio para os brigadistas tem a carga-horária de 16 horas, divididas em 5 módulos.
No curso, os trabalhadores que compõem a brigada de incêndio de seu local de trabalho estudarão disciplinas que o capacitem a:
• Identificar como a propagação do fogo, fumaça e gases quentes acontece;
• Identificar e neutralizar os fatores que contribuem para a evolução de um incêndio;
• Compreender qual a influência da ventilação sobre o incêndio;
• Identificar os efeitos da fumaça e como controlá-la;
• Compreender as características do isolamento térmico, entre outros.

Além disso, os trabalhadores também terão a oportunidade de aprenderem todas as medidas para extinguir um incêndio, bem como a evacuação do local de trabalho por meio do uso de:
• Escadas e acessos de segurança;
• Sistemas de iluminação de emergência;
• Uso do elevador de segurança;
• Meios de aviso, alerta e sinalização aos outros trabalhadores;
• Extintores de incêndio portáteis e sobre rodas;
• Sistemas de hidrantes, entre outros.

Como mencionado anteriormente, os certificados deverão ser emitidos por um estabelecimento registrado no MEC e deverá ter validade em todo território nacional.

Ter uma brigada de incêndio no local de trabalho, além de ser uma medida que deixa a empresa em dia com as leis do Ministério do Trabalho e Emprego, garante aos seus colaboradores um ambiente seguro e que oferece condições ideais de trabalho, permitindo que eles possam executar suas funções com tranquilidade.

 

Por que cuidar do clima organizacional é importante?

Grande parte das pessoas passa a maior parte do tempo no ambiente de trabalho. Muitas delas têm mais contato com os colegas de profissão do que com a própria família. Esse é um dos motivos pelos quais é...

Como o eSocial está transformando a rotina do RH?

Antes da criação e implantação do eSocial grande parte das empresas seguia seu próprio calendário quando o assunto era admissão, demissão, férias e outras demandas do RH. Após a...

Como lidar com o preconceito no ambiente de trabalho?

A sociedade vive um momento em que toda situação por menor que seja é motivo para desentendimentos e mal estar entre as pessoas principalmente quando o assunto é preconceito no ambiente de trabalho. Como então...

13 treinamentos que devem ser descritos no eSocial

Antes da implementação do eSocial treinamentos na área de Segurança do Trabalho já eram obrigatórios de acordo com cada NR. No entanto, com a adesão das empresas ao novo sistema do Governo além...

Como o eSocial influencia na contratação de terceiros?

A implantação do eSocial pelo Governo Federal tem exigido até o momento que grande parte das empresas ajustem suas informações fiscais, trabalhistas e previdenciárias. Essa mudança influencia...

Como funciona a adesão do MEI ao eSocial?

O MEI (Microempreendedor Individual) foi criado para que trabalhadores informais possam estar dentro da lei. Profissionais autônomos e micro empresários podem aderir ao MEI desde que seu faturamento seja de até R$...

Conheça as mudanças do eSocial doméstica

Durante muito tempo empregados domésticos eram tratados diferente dos contratados CLT. O empregador precisava apenas informar a remuneração. Porém com a implementação do eSocial doméstica é...

eSocial: Como fazer a Qualificação Cadastral?

No decorrer de 2018 grande parte das empresas vem dedicando tempo e esforço para registrar suas informações no eSocial. Antes de registrá-las é preciso verificar se os dados existentes na base do CPF (Cadastro de...

E-social: saiba quais penalidades as empresas podem sofrer

Com a chegada do e-Social as empresas precisam se adequar às exigências dentro do prazo e assim evitar multas e penalidades. Todas as atividades como admissão, demissão, acidente de trabalho, férias, FGTS, folha de...

eSocial: saiba a importância da Consulta Qualificação Cadastral

O eSocial é um projeto do Governo Federal em parceria com outros órgãos que tem como objetivo unificar informações trabalhistas. Por meio desse sistema o empregador consegue registrar a quantidade de...

Como o eSocial influencia no PPR

De acordo com o Ministério do Trabalho e o que determina as Normas Regulamentadoras todas as empresas devem prezar pela saúde do trabalhador criando ações que contribuam para a redução dos riscos aos quais...

O que muda na SST com o eSocial

Desde janeiro deste ano grande parte das empresas vem sendo obrigadas a aderir ao eSocial ferramenta responsável por unificar informações tributárias e fiscais. Além desses dados as empresas devem inserir tudo o...

Como fazer o Registro de EPI's no eSocial

O Governo vem desenvolvendo junto com outros órgãos o eSocial ferramenta na qual serão registradas as principais informações sobre a empresa no que diz respeito a Saúde e Segurança do Trabalho. A...

Como o eSocial influencia na CIPA

De acordo com a NR-5 toda empresa que possui trabalhadores em regime CLT precisa ter a CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes). Com a implantação do eSocial é necessário que sejam...

eSocial: Por que informar capacitações e treinamentos

De acordo com o Ministério do Trabalho grande parte das funções exige formação profissional e comprovação dos cursos realizados. Entretanto, com a implantação do eSocial torna-se...

Como o eSocial impacta na Segurança do Trabalho

O eSocial é uma ferramenta que está sendo implantada pelo Governo Federal com o objetivo de unificar todas as informações referente ao trabalhador (trabalhistas, previdenciárias, tributárias e fiscais). Por...

Mulheres também usam EPI's

Desde antes a Revolução Industrial grande parte dos postos de trabalho eram ocupados por homens. Porém nos últimos anos as mulheres vêm lutando cada vez mais pelo seu espaço. Essa evolução...

Ministério do Trabalho autua quase 20 mil empresas irregulares

As Normas Regulamentadoras foram criadas para garantir a saúde e segurança do trabalhador enquanto na realização de suas atividades. O Ministério do Trabalho por sua vez fiscaliza se tais normas estão sendo...

No RS, grande parte das vítimas de acidentes de trânsito no trabalho são caminhoneiros

Levantamento realizado pelo Ministério da Saúde mostra que no Rio Grande do Sul as maiores vítimas de acidentes de trânsito são caminhoneiros. O que configura acidente de trabalho. Para essa pequisa foram...

Como a obesidade influencia na produtividade

De acordo com o levantamento feito pelo Ministério da Saúde grande parte da população adulta sofre de obesidade. Isso quer dizer que cerca de 90% da mão de obra brasileira é sedentária, 48% convive...

Qual a importância de realizar Audiometria regularmente

Audiometria é um exame que avalia a audição do trabalhador exposto ao ruído no ambiente de trabalho. Diversas funções se encaixam nessa categoria. Por isso é necessário que o exame seja feito...

Trabalhadores temporários devem ter seus direitos garantidos

Final do ano, datas específicas e em algumas ocasiões esporádicas muitas empresas contratam trabalhadores temporários para auxiliar no grande fluxo de clientes. O que grande parte das pessoas não sabe é que...

Trabalhar recebendo gorjetas aumenta o risco de depressão

Diferente do Brasil países como Estados Unidos, Canadá e Inglaterra têm o costume de dar gorjetas na prestação de diversos serviços como manobrista, garçon, motorista, manicure, etc. De acordo com...

Como o trabalho noturno influencia a saúde

Nosso sistema biológico foi programado para estar "ligado" durante o dia e descansar à noite. Devido ao capitalismo, à Revolução Industrial e outros fatores muitas empresas dividiram o dia em turnos....

Como o ambiente de trabalho influencia na saúde do trabalhador

Quando alguns especialistas afirmam que o trabalho é uma segunda família é porque o profissional passa mais tempo trabalhando do que em casa ou fazendo outra atividade. Por isso é tão comum esse ambiente...
Nossos Cursos