Blog

Como fazer uma análise preliminar de risco (APR)?

10/07/2020 - - Categoria: geral



Fundamental para aumentar a segurança nos ambientes de trabalho, a análise preliminar de risco (APR) pode ser aplicada em empresas de diversos setores. Além de orientar os trabalhadores, ela também colabora para diminuir danos à empresa, sendo, inclusive, prevista nas NRs 12, 18, 20, 33, 34, 35 entre várias outras.

Portanto, é um instrumento importante e fundamental para manter a ordem no local de trabalho.

O que é a análise preliminar de risco?

Podemos definir a análise preliminar de risco como um documento onde constam as ações de prevenção e redução de riscos. Ela pode ser desenvolvida em diversos âmbitos, mas um exemplo comum é nos projetos de eletricidade, onde a APR é obrigatória.

Como o próprio nome sugere, é uma análise que prevê os riscos, portanto é focada na prevenção de qualquer risco identificado no ambiente de trabalho. Ainda, ela deve estabelecer os procedimentos de segurança e os responsáveis por cada ação.

Como elaborar a análise preliminar de risco (APR)?

1. Reúna a equipe

Em primeiro lugar, ao traçar a APR é necessário reunir os líderes, especialistas em segurança do trabalho e outros colaboradores da empresa. Até mesmo porque eles trabalharão juntos identificando os processos e atividades realizados diariamente.

2. Conheça o local

Logo depois, é necessário analisar o ambiente de trabalho em campo. Além do local em si, os técnicos devem ficar atentos às tarefas executadas pela equipe e os riscos durante cada uma.

3. Faça a análise preliminar de risco

Após reunir-se com os colaboradores e conhecer o local já será possível iniciar a APR. Dessa forma, deve-se listar todo e qualquer risco que exista no ambiente, independentemente do nível desse risco. Se possível, deve-se citar também a origem dos possíveis acidentes.

4. Elabore medidas preventivas

A partir dos riscos identificados é hora de desenvolver medidas que possam preveni-los. Algumas delas devem focar em eliminar os riscos fisicamente, enquanto outras sugerem substituir um perigo por outro menor. Ainda, é possível sugerir o uso de determinados EPI's e outras medidas focadas na mudança da forma de trabalho.

E por falar em EPI, confira as recomendações da OMS quanto ao uso de EPIs.

5. Divulgue os resultados

Por fim, cabe destacar que a análise preliminar de risco deve ser do conhecimento de todos na empresa. Portanto, após ser finalizada ela deve ser documentada. Além disso, é importante que ela seja acessível para o entendimento dos funcionários.

Ou seja, a linguagem precisa respeitar inclusive o nível de escolaridade da equipe, pois todos deverão ter acesso ao documento. Dessa forma, tem-se uma APR completa e eficiente.

E você, gostou deste conteúdo? Quer continuar se mantendo bem informado sobre segurança e medicina do trabalho? Então continue acompanhando o nosso blog!

Quais os benefícios da Sinalização de Segurança no chão de fábrica?

A sinalização de segurança é um dos aspectos mais importantes para o desenvolvimento de um ambiente de trabalho adequado. Essa diretriz faz parte da NR 26, que determina fatores visuais para prevenção de acidentes, além outros aspectos. Assim...

Como evitar acidentes no ambiente de trabalho?

Os números de acidentes de trabalho no Brasil são alarmantes. De acordo com o Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região, só em 2018 foram contabilizados 576.951 casos pela Previdência Social. Entretanto, de acordo com a Fundacentro, esse...

Outubro rosa: qual o papel das empresas na luta contra o câncer?

A campanha Outubro Rosa surgiu nos Estados Unidos na década de 90 e rapidamente se espalhou pelo mundo. Anualmente a iniciativa destaca a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. Embora seja o segundo tipo de...

Outubro rosa: como engajar os funcionários nessa causa?

A cada ano a campanha do Outubro Rosa se torna mais necessária. Afinal, o número de casos de câncer de mama no Brasil é alarmante. De acordo com o INCA (Instituto Nacional do Câncer), em 2020 a estimativa é que surjam 66.280 casos novos no...

Setembro amarelo: como a empresa impacta na vida dos funcionários?

Segundo Organização Mundial da Saúde (OMS), a taxa de suicídios no Brasil havia crescido 7% em 2019. Na contramão desse dado, o número global diminuiu 9,8% neste mesmo período. Por isso, o Setembro Amarelo é uma campanha necessária...

Como fomentar a saúde mental nas empresas?

A Síndrome de Burnout está crescendo no Brasil e se junta a outras condições que afetam a saúde mental nas empresas. Em 2018 a Organização Mundial da Saúde (OMS) já previa que até 2020 a depressão causaria milhares de afastamentos de...

Como fazer uma análise preliminar de risco (APR)?

Fundamental para aumentar a segurança nos ambientes de trabalho, a análise preliminar de risco (APR) pode ser aplicada em empresas de diversos setores. Além de orientar os trabalhadores, ela também colabora para diminuir danos à empresa, sendo,...

Quando e como emitir a CAT?

Emitir a CAT é um procedimento obrigatório por lei para comunicar aos órgãos responsáveis qualquer tipo de acidente de trabalho. Nesse sentido, o documento, que é chamado de Comunicado de Acidente de Trabalho, leva em conta algumas...

Qual é o objetivo da Higiene Ocupacional?

Ela também é conhecida como Higiene do Trabalho e Higiene Industrial. Na verdade, ela é uma ciência que visa melhorar os ambientes de trabalho com foco na saúde dos trabalhadores. Inclusive, a sua estreita relação com a segurança do trabalho...

Quais são os procedimentos de Primeiros Socorros?

Os procedimentos de primeiros socorros são de grande importância, já que podem ajudar a salvar muitas vidas. A partir de uma ação rápida e eficiente, essas técnicas e métodos são usados em acidentes, imprevistos e qualquer situação onde...

Como elaborar uma PT – Permissão de Trabalho?

A Permissão de Trabalho consiste na atividade de regulamentar todos os procedimentos e medidas para um trabalho seguro. Trata-se, na verdade, de uma checklist onde se inclui informações relativas a fatores que podem trazer riscos para a...

Asteróide detectado!!

Podemos ficar aliviados - desta pedra estamos a salvo. Mas os asteroides representam, sim, um risco enorme para a Terra e para a humanidade. Por existirem aos montes no Sistema Solar, nós ainda não conseguimos mapear as órbitas...



Categorias

Nossos Cursos

Estados