Treinamento em
Segurança do Trabalho
Blog


Categorias
Nossos Cursos
Estados

Nordeste principal fonte de energia eólica no Brasil

08 / Fev - - Categoria: Energia


Energia eolica nordeste

O crescimento constante da população e sua demanda por energia elétrica a algum tempo vem preocupando diversos países, não somente os de primeiro mundo como EUA, Canadá e Japão, mas também os menos desenvolvidos como os países da América Latina. Com o crescente consumo foi necessário que autoridades políticas e empresas privadas tomassem iniciativas e vissem qual a melhor maneira de suprir essa necessidade.

Frente a essa demanda surgiram diversas alternativas de energia, como uso da energia solar, energia hidráulica, biomassa, heliotérmica, geotérmica, mareomotriz, osmótica, e energia eólica que vem ganhando cada vez mais espaço principalmente no nordeste do Brasil.

Ao contrário de outras fontes de energia, as alternativas possuem a vantagem de não agredir o meio ambiente e causar menos alterações na região em que será alocada, diferente de construir uma hidrelétrica por exemplo. Na situação atual em que vivemos, onde nos preocupamos com o aquecimento global, a poluição, e outras alterações no meio ambiente, investir em energias renováveis como a eólica que causa pequeno impacto é uma escolha acertada.

A energia eólica utiliza a força dos ventos, sendo assim a produção de energia depende de vários fatores, como o tamanho das hélices, do gerador, a região em que as turbinas foram construídas, e a quantidade e constância dos ventos.

A quantidade de energia produzida por essa categoria no Brasil ainda é pequena, no entanto, diversas empresas possuem estudos, projetos de construção, análise de regiões, e têm como objetivo a longo prazo investir nessa área. É importante lembrar que a energia eólica é abundante, renovável, limpa e disponível em muitos lugares.

Conforme pesquisas atuais o nordeste é uma das regiões mais promissoras na geração de energia eólica, seu potencial anual foi identificado como cerca de 144,29 TWh/ano. Outras regiões também têm potencial, porém menor, é o caso do sul e sudeste.

Outra informação pertinente é com relação ao tamanho das torres, no geral são usadas as de 50m, porém devido a quantidade de ventos quanto maior a torre maior será a quantidade de energia produzida, sendo assim, usando uma torre de 100m a energia seria duplicada.

O nordeste hoje é responsável por grande parte da energia eólica produzida no Brasil, sendo assim, ainda há grande potencial para que outras regiões se desenvolvam e também contribuam com a distrubuição de energia. 

Fontes alternativas de energia renovável no Brasil

Fontes alternativas de energia O avanço da ciência, da tecnologia, de máquinas/equipamentos tem exigido cada vez mais o uso de fontes alternativas de energia. A demanda nos últimos anos é muito maior que o produzido pelas hidrelétricas. No...

NR 10 aplicada à Energia Eólica evita acidentes

NR - Eolica A produção de Energia Eólica no Brasil ainda é considerado um mercado em expansão, no entanto ele exige os mesmos cuidados que outras empresas no quesito Segurança do Trabalho. A produção de...

Energia eólica supre de 30 a 50% do consumo no RN

Energia eolica O Nordeste atualmente é o maior produtor de energia eólica do Brasil, sendo responsável por mais de 90% da produção total. De todos os parques construídos, somente 4 são no RS, o restante está...

Nordeste principal fonte de energia eólica no Brasil

Energia eolica nordeste O crescimento constante da população e sua demanda por energia elétrica a algum tempo vem preocupando diversos países, não somente os de primeiro mundo como EUA, Canadá e Japão, mas também os...

Lixo como fonte de energia e sustentabilidade para empresas

É fato que não somente o consumo de energia elétrica tem aumentado de forma significativa, como também o seu custo. Em diversas cidades do país durante o verão e em alguns períodos de pico há...

Energias renováveis como diferencial entre as empresas

Energias Renovaveis O desenvolvimento da economia durante anos esteve pautado na busca incessante de recursos pelas empresas de vários segmentos, o que gerou desmatamentos, consumo excessivo de água, poluição e vários outros fatores...
Nossos Cursos